Motivação Pessoal

@ Autoajuda

Dinheiro e Negócios

@ Internet

Ciência e Tecnologia

@ Física Quântica

Espiritualidade

@ Enigmas

Eu Crio a Realidade

@ Lei da Atração

Mente e Cérebro

@ Pesquisas

Cursos e Livros

@ esoterismo

Nova Era

@ Seth

Numerologia

@ Esoterismo

SONHOS

@ Dicionário

 

A História da pequena Audrey Marie Santo

 

 A pequena Audrey Santo, vive em Worcester, Massachussets (USA). A mudança na vida da pequena Audrey começou em um calorento dia de verão de agosto de 1987, quando Audrey tinha 3 anos - Ela brincava na entrada de sua casa, com seu irmão Esteban, e caiu na piscina. Foi resgatada e levada com urgência ao hospital, onde recebeu uma overdose do medicamento Fenobarbital e Audrey entrou em coma.

 

O fisioterapeuta do hospital lhe fraturou as pernas e deslocou um dos ombros. O médico que cuidava dela insistiu em realizar uma traqueotomia. Permaneceu na UTI com enfermeira o tempo todo e saiu do coma, três semanas depois. Agora permanece em um estado chamado Mutismo Acinético; sem movimento nem fala.

Os profissionais insistiram que Audrey devia ser levada a uma instituição, para seu cuidado, mas Linda, sua mãe, decidiu que seria melhor tê-la em casa, sob seus  cuidados e o amor da família. Pelo que, quatro meses depois do acidente, em novembro, Audrey foi levada para casa.

Desde o principio, no hospital, centenas de pessoas chegavam a orar por Audrey. Velhos amigos, familiares e estranhos; católicos e gente de outras religiões, enviavam orações, cartões e presentes. O hospital foi "inundado" por pessoas, jornalistas e ligações; o que fez que Audrey fosse posta em um quarto privado na Unidade de Terapia Intensiva. Por alguma razão Deus quis que ela se tornasse conhecida desde esse momento.

 

São Paulo, nos diz nas Sagradas Escrituras, que Deus manda sinais e maravilhas, para chamar nossa atenção. Será isto que está fazendo com Audrey?

 

Cremos que sinais e fenômenos sobrenaturais estão ocorrendo ao seu redor e próximo dela. Audrey parece manifestar marcas em seu corpo, que se assemelham às feridas de Cristo, inexplicáveis cientificamente. Disse também São Paulo que se oferecermos nossos sofrimentos para continuar com os sofrimentos redentores de Cristo, Suprema Vítima, estes não serão em vão. Cremos que isto é o que faz Audrey e por isso seus sofrimentos têm um significado.

As imagens religiosas que exsudam azeite e sangue são algo inexplicáveis para nós, mas cremos, porque os bons frutos destes acontecimentos são de Deus. A comissão enviada pelo bispo, declarou que não encontrou fraude alguma nessas manifestações.

 

As curas que aconteceram não estão completamente investigadas; mas a mesma comissão está aberta a um estudo, para validar qualquer declaração.

 

O poder maior de cura que Deus nos deixou é Seu Filho Jesus Cristo, na Eucaristia. Devemos recebê-lo todo dia e visitá-lo com frequência. Se não o fizermos a culpa é nossa. Audrey nos traz à Eucaristia. Há cinco hóstias consagradas, que mostram sangue humano. Isto não significa que estas hóstias sejam mais importantes que as outras hóstias consagradas. Simplesmente quer dizer, que Deus em Sua Bondade nos deu um profundo e imponente presente. De novo, sinais maravilhosos, para chamar nossa atenção.

 

Audrey também nos diz claramente que Deus não faz disparates; que a vida é valiosa em todo nível. Vivemos em uma epidemia de inclemência; Audrey é um sinal de esperança e misericórdia. Cremos igualmente, que ainda que ela não ande, nem fale, é valiosa e Deus a escolheu como frequentemente escolhe os aparentemente inadequados ou improdutivos; porém especialmente puros e inocentes, para transmitir suas mensagens. Em um mundo de infanticídios, homicídios e genocídios, Deus quer que optemos pelo caminho correto.

 

Colocamos nossa confiança na fé, pelo que crer nisto é para provar que há Vida na Eucaristia e que nossa vida é valiosa.

 

O padre Silvestre Catallo – anterior tradutor do padre Gobbi, fundador do Movimento Sacerdotal Mariano – se refere à menina como "uma alma pura". Tendo se entregado à vontade de Deus antes dos sete anos – a idade da razão – é provável que nunca tenha pecado. Outro padre, Emmanuel Charles McCarthy, sacerdote católico residente em Massachussets, cujo ministério está centrado em torno a da justiça e a paz; crê que a pequena menina está conectada retensivamente, com os pecados da destruição nuclear.

 

Algumas datas significativas na vida de Audrey estão ligadas a monumentais eventos históricos: 9 de Agosto, 11h03m da manhã, primeira anotação médica do dia do acidente, é também a data e hora exata, do bombardeio atômico sobre Nagasaki, ocorrido quarenta e dois anos antes; 14 de novembro, primeira saída de Audrey do hospital, é a data do aniversário da explosão diante da imagem da Virgem de Guadalupe, padroeira das Américas, em 1921.

 

O padre Rene Laurentin, membro do Conselho da Doutrina e da Fé, é um conhecido teólogo em nível mundial. Concluiu quatro anos de investigação pessoal sobre a vida de Audrey Santo. O erudito católico espera reportar em breve seus achados favoráveis ao Conselho. Visitou a pequena Audrey em julho de 1993 e ficou profundamente comovido por haver estado em sua presença, e afirmou: "Esta terra é Santa. A pequena Audrey é certamente um alma escolhida e bendita por Deus."

 

É muito importante que o papel de Audrey, apesar de sua magnitude, seja guardado em perspectiva. Ela é somente um instrumento extraordinário. Audrey é alimentada por um tubo G, mas ela consume uma só coisa pela boca: a sagrada Eucaristia. Cada dia recebe a seu precioso Jesus no maior de todos os milagres.

 

Não devemos elevar tanto Audrey a ponto de perdermos de vista Jesus, nem tampouco passar por cima ou ignorar Seu presente, Audrey, para nós. Venhamos a esta pequena "rosa sem espinhos" e peçamos-lhe sua assistência, para que como ela, nós possamos chegar a ser, um com Cristo. "Mas se somos filhos, também somos herdeiros; herdeiros de Deus; herdeiros com Cristo; se somente sofremos com Ele também seremos glorificados com Ele."

 

Ainda que a vida se mostre difícil para a família Santo; seu lar está cheio de Paz e Amor. Quando se conhece Linda, se tem a impressão de que está livre das preocupações deste mundo. Você pode escrever à pequena Audrey e sua carta será lida em seu quarto e a seguir colocada diante o Sacrário.

 

O bispo Daniel Reilly, de Worcester, Massachussets, organizou uma comissão de psicólogos, doutores, e um teólogo, para estudar os acontecimentos e sucessos na casa da pequena Audrey. A primeira fase da investigação foi concluída e logo se iniciará a segunda. Permaneceremos obedientes a ele e ao Santo Padre, em tudo no que toca à fé e à doutrina. Queremos acrescentar que estamos profundamente agradecidos pela visita e bênçãos do bispo Reilly.

Quando escrever para pedir informação sobre o azeite, o qual é grátis; vídeos ou livros, por favor, envie junto outro envelope já selado e subscrito com o endereço de envio a você mesmo.

 

Apostolate of a Silent Soul, Inc.  -  68 S. Flagg St.     Worcester,  MA 01602

Telefone: 508 755-8712 — FAX 508-754-2920

Terminally ill people: telefone 508-755-8712 [Pessoas doentes em fase terminal]